• 21 de fevereiro de 2024
  • Last Update 20 de fevereiro de 2024

Taxa Selic tem queda e o mercado imobiliário celebra novas oportunidades!

Temos o prazer de trazer as notícias mais recentes do mercado imobiliário para você!

Na quarta-feira passada, 20 de setembro de 2023, a decisão do Banco Central de reduzir a taxa Selic em 0,50 ponto percentual, levando-a a 12,75% ao ano, foi recebida com grande entusiasmo e otimismo.

A reunião do Banco Central marcou um momento de surpresa, uma vez que a maioria das projeções indicavam uma redução de apenas 0,25 ponto percentual na taxa básica de juros. No entanto, o órgão decidiu ir além das expectativas, optando por uma redução de 0,50 ponto percentual. Essa decisão reflete a postura proativa do Comitê de Política Monetária (COPOM) em contribuir para a economia, criando um ambiente mais favorável para o mercado imobiliário.

Leia também: O que você precisa saber antes de comprar um imóvel na planta?

Essa redução nos juros básicos terá um impacto direto nos financiamentos imobiliários, beneficiando tanto os compradores quanto os empreendedores do setor. Além disso, essa taxa influencia diretamente nos custos de construção e captação de recursos de pelas incorporadoras, o que poderá resultar em um aumento significativo nos lançamentos de novos empreendimentos e projetos de infraestrutura.

A expectativa é que essa medida estimule ainda mais o segmento imobiliário, fortalecendo a recuperação da economia e criando empregos no setor da construção civil.

No cenário atual, com a retomada do crescimento econômico e a redução da taxa Selic, o investimento em imóveis torna-se uma escolha ainda mais atraente. A redução da Selic é particularmente significativa, pois sinaliza uma mudança importante no cenário econômico do país. Esta iniciativa do Banco Central está alinhada com as necessidades do setor imobiliário, que busca mais dinamismo e crescimento após enfrentar um período de ajustes e desafios.

Você também pode se interessar: Como calcular o metro quadrado

O mercado imobiliário reagiu de forma positiva à redução da taxa Selic. Os juros mais baixos tornam os investimentos em imóveis mais atrativos, impulsionando a busca por uma alternativa sólida e segura para diversificar portfólios e garantir um futuro financeiro mais promissor. 

Em resumo, a queda da taxa Selic para 12,75%  foi recebida com otimismo pelo mercado imobiliário, representando uma nova perspectiva de crescimento para o setor.

Clique aqui e encontre os melhores imóveis para você.

Related Articles