5 dicas de lazer em Brasília gastando pouco (ou quase nada)

Brasília pode não ter praia mas, sem dúvidas, a cidade reúne opções de lazer para todos os gostos. Veja algumas dicas de lazer na cidade.

E, claro, você não vai precisar gastar tanto com o passeio. Seja um programa cultural, quanto um esportivo, a capital tem uma variedade que acolhe os moradores de todas as idades, RA’s e claro, estilos.

Com isso, o Portal DF Imóveis reuniu 5 dicas de lazer para você, sua família e seus amigos curtirem os dias livres na capital da melhor forma.

Caixa Cultural

Quem conduz as atividades é a Caixa Econômica Federal e, de terça a domingo. Assim, a Caixa Cultural oferece uma programação completa com teatro, artes visuais e até shows. As exposições nas galerias do espaço, normalmente, são gratuitas, e reúnem trabalhos de renomados artistas brasileiros e estrangeiros.

Dessa forma, a Caixa Cultural já recebeu exposições de artistas como Frida Kahlo, Salvador Dalí e, atualmente, recebe a exposição Goeldi & Dostoiévski. As obras do ilustrador carioca Oswaldo Goeldi foram produzidas para os livros do escritor Dostoiévski, entre os anos 40 e 50.

O espaço fica no Setor Bancário Sul, próximo à estação de metrô Galeria e do Banco Central. Além disso, as bicicletas do projeto + Bike se encontram em frente ao espaço.

No entanto, se você pretende ir de carro ao local, pode ter dificuldade em encontrar filas durante a semana. Já para os que trabalham próximo ao local, vale a pena conferir a programação e fazer uma visita depois do expediente.


Parque da Cidade

O maior parque urbano do mundo, com mais de 420 hectares, está localizado em Brasília – conhecido também como Parque da Cidade Sarah Kubitschek. O local, então, hospeda o Parque Ana Lídia, o Nicolândia e o Circuito de Kart e, ainda, conta com:

  • mais de 14 quadras poliesportivas;
  • 5 quadras de tênis de concreto
  • 5 quadras de vôlei de areia, aliás é palco do circuito brasileiro de vôlei de praia da etapa Brasília;
  • 2 quadras de futevôlei;
  • 9 campos de futebol;
  • 5 PEC (Ponto de Encontro Comunitário);
  • 4 CIM (Circuitos Inteligente de Malhação);
  • área com aproximadamente 50 churrasqueiras (individuais e duplas);
  • 6 parques infantis;
  • 1 pista de skate;
  • 10 quilômetros de ciclovia no anel interno do parque para pedestres;
  • 1 pista de cooper mais pista para ciclistas, totalizando 10 quilômetros;
  • 1 lago artificial;
  • 1 centro hípico

Conheça mais sobre o Parque da Cidade! Acesse a matéria completa.


Parque Ecológico de Águas Claras

Criado em 15 de abril de 2000, a presença do Parque Ecológico de Águas Claras é uma determinante para a qualidade de vida da população – não apenas da RA, como de outras próximas.

Assim, parque, com 86 hectares, é composto por uma floresta preservada com riachos, dois lagos e árvores frutíferas.

Além disso, o local possui quadras, pista de cooper e estações com equipamentos de musculação. E, ainda, o Centro de Referência em Educação Ambiental Águas Claras oferece atividades de vivência com a natureza, direcionadas aos alunos de colégio do Distrito Federal.

Outro projeto que acontece no parque é o “Ginástica nas Quadras” que, em conjunto com a Secretaria de Educação, oferece aos frequentadores atividades físicas durante a semana.

O parque fica próximo das estações Águas Claras e Arniqueiras. O local fica aberto todos os dias, de 06h às 22h.


Parque Ecológico Saburo Onoyama

Já o Saburo Onoyama é outro parque presente no DF, porém pouco conhecido. Localizado em Taguatinga, o local oferece diversas trilhas, quadras poliesportivas, sala de aula e estrutura para Educação Ambiental e uma trilha ecológica pavimentada. Além do mais, há também uma piscina comunitária, reaberta em 2016.

Portanto, a entrada no Parque Ecológico Saburo Onoyama é gratuita, e o horário de funcionamento é de segunda à sexta, de 08h30 às 12h e 13h30 às 17h.


Cine Brasília

Já o Cine Brasília nasceu junto com a cidade. Inaugurado em 22 de abril de 1960, a aberta ocorreu em comemoração à transferência da capital do país. Constituindo as opções de lazer e entretenimento na tão recente cidade, o público era frequente e participativo – manifestavam seus pensamentos, com vaias e aplausos, e compartilhavam a opinião sobre os filmes exibidos.

O local foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer e fazia parte do projeto da Unidade da Vizinhança. O cinema, ainda em seu início, foi arrendado pela Companhia Cinematográfica Luiz Severiano Ribeiro, hoje, conhecida como a rede Kinoplex.

Atualmente, o Cine Brasília reúne diversos filmes brasilienses, de outros estados e até mesmo estrangeiros. O cinema abriga também o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. E, ainda, debates, mostras e exposições integram a programação do espaço.

Para acessar a programação semanal e saber o que acontece no Cine Brasília, basta acessar o portal da Secretaria de Estado de Cultura do Distrito Federal.

Saiba mais sobre como é morar em Brasília e encontre seu lar. Acesse.

Deixe um comentário