• 16 de outubro de 2021
  • Last Update 14 de outubro de 2021

O que verificar antes de comprar um imóvel

No movimentado mercado imobiliário, optar por comprar um imóvel usado ao invés de novo pode ser uma ótima maneira de gastar muito menos. Porém, como já diz o ditado popular, se não se atentar aos cuidados antes de comprar um imóvel usado, “o barato sai caro”.

Primeiramente, precisamos entender a diferença de compra entre um imóvel usado para um novo. São vários, mas a maior delas é o valor, que pode ser 30% menor que os imóveis novos. Por si só, esse já é um cuidado a ser tomado, já que não é benéfico comprar um imóvel com preço maior do que seria se estivesse novo.

Com essa diferença estabelecida, vejamos o que verificar antes de comprar um imóvel usado.

1. Pense a Longo prazo

Um imóvel precisa despertar seu interesse e possibilitar mudanças ao longo do tempo. Geralmente a compra de um imóvel leva as economias acumuladas entre de dez a quinze anos. E na maioria das vezes, o amontoado só cobre o valor parcial do imóvel. Levando o comprador a fazer um financiamento, que impactará diretamente sua vida financeira nos próximos anos.

2. Verifique se as instalações estão em bom estado

Parte elétrica e Hidráulica são essências fazer vistoria, mas não apenas, estrutura e acabamentos também são importantes. Deve-se ficar atento, pois muitas vezes tais detalhes não estão explícitos no anúncio. Afinal, um imóvel usado, como mencionado antes, não tem a integridade de um novo. 

Valor de mercado.

Como observado, o valor do mercado de um imóvel usado é menor que o novo, portanto, a simples observação rente ao mercado imobiliário pode prevenir valores abusivos.

É importante também se atentar ao estado físico do imóvel, tendo em vista se tratar de um bem já utilizado não se deve esperar encontra-lo bem-acabado, mas sim em estado passivo de venda. Sendo assim, achar um justo meio em relação ao estado físico do bem e o valor médio praticado na região ajudará a prevenir desapontamentos no decorrer da compra. Esteja preparado.

3. Financiamento ou compra à vista

Considere todos os aspectos anteriores em conjunto com seu orçamento disponível para aquisição do imóvel. Compreenda se vale a pena Financiar ou Comprar à vista.

Veja também a possibilidade de acordo direto junto ao comprador, como se trata de um imóvel usado, é uma opção mais volátil. Mas atente-se, qualquer acordo deve estar explicito no contrato para garantir segurança judicial.

4. Documentação do imóvel

O mais importante aspecto da compra e venda não são os valores, como muito é pensado, mas sim na documentação. Um imóvel com documentação atualizada tem vais valor que outro imóvel pendente a preço de banana. 

Alguns documentos que devem ser exigidos ao vendedor para comprovar a integridade das informações são:

•         Matrícula atualizada, cujo comprova que o vendedor é verdadeiro proprietário do imóvel.

•         Certidão do IPTU;

•         Certidão negativa dos tributos;

•         Declaração de inexistência de débitos condominiais, caso o imóvel seja um apartamento ou esteja em um condomínio, e haja débitos não quitados. Esse documento pode ser requerido diretamente com o síndico oficial do condomínio. 

•         Classificação como utilidade pública, para garantir que os imóveis não sejam passiveis de usucapião.

Conheça o vendedor

Geralmente é difícil conhecer a integridade do vendedor com uma simples conversa. Sendo assim, buscar junto as certidões sobre o vendedor é imprescindível. 

A certidão de distribuição cíveis do vendedor é um bom começo. Nela é possível saber se há alguma ação de cobrança ou de execução que possa impactar a venda do imóvel. Ela pode ser requerida pelo tribunal de justiça de cada estado. (No caso do DF, se encontra em https://www.tjdft.jus.br/servicos/certidoes/certidao-nada-consta). 

Se o vendedor for um empresário, é imprescindível consultar se há alguma ação ou execução trabalhista contra a empresa do vendedor. Se houver, é recomendado que seja investigado os motivos da venda do imóvel, evitando qualquer tipo de fraude.

5. Portal Imobiliário

Opte pelo uso de um Portal Imobiliário como o DFimoveis.com para fazer a busca de seu imóvel. Ele carrega a confiabilidade de apenas profissionais com registro no CRECI (Corretores e Imobiliárias) poderem fazer anúncios e comercializar imóveis no site. Dê preferencia pela segurança

6. Prefira comprar com uma imobiliária ou Corretor

Todos esses cuidados, ou seja, documentação, pesquisa e levantamento já são feitos pela imobiliária ou corretor muito antes de o anúncio ser feito. Desse modo o comprador não precisa se preocupar em perder tempo cavando dados, e sofrer de desconfiança.

Related Articles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *