Casas luxuosas no DF

Casas luxuosas no DF

Brasília pode até ser uma cidade pequena no mapa, mas é terra de diversas casas luxuosas, enormes e elegantes. O mercado imobiliário de alto padrão é presente dentro da capital e acolhe, em sua maioria, empresários, políticos e famosos.

Em 2011, a capital do país ficou na 3º colocação no ranking do mercado de luxo de imóveis, onde os valores quase chegavam na casa dos 20 milhões de reais. Segundo o Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais do Distrito Federal – Secovi/DF, o metro quadrado na região da capital só esteve atrás de bairros do Rio de Janeiro.

Entre as áreas que movimentam valores milionários está o Lago Sul, região nobre do planalto central, o local é moradia de políticos renomados e empresários influentes. As residências são negociadas em preços que vão de R$ 8 milhões a R$17 milhões de reais.

Quem compra?

O perfil dos compradores nesse mercado é criterioso e exigente. Já houve cliente que  sobrevoou a área da propriedade de helicóptero durante a negociação.

As embaixadas também entram na lista de interessados por casas de luxo. Diversas nacionalidades buscam residências sazonalmente. Entretanto, países africanos são os que têm a maior procura por imóveis de alto padrão.

Apesar disso, não há muito investimento em publicidade. As imobiliárias tem o costume de se encaminhar até os possíveis compradores e oferecer as propostas.

Mas o que essas casas têm de tão atraente que custam milhões?

Dois aspectos que valem muito na hora de avaliar o valor dos imóveis de alto padrão: a localização e os itens de acabamento de luxo. Morar em uma ponta de picolé (terrenos às margens do Lago Paranoá), por exemplo, é um privilégio que poucos podem ter.  

Outras características que elevam o preço do imóvel é o estilo arquitetônico da moradia e o requinte que a residência tem para oferecer. Por exemplo, há casas que apenas o piso possui o valor de US$ 1,5 mil o metro quadrado.

A região mais cara de Brasília

No Lago Sul, bairro nobre de Brasília, há uma casa avaliada em 10 milhões por possuir: um enorme hall de entrada, com pé direito alto (design particular da mansão); cinco suítes, entre elas a master, com uma extensa varanda com vista para o jardim, dois closets, dois banheiros, minicopa e rouparia. Além disso, a mansão conta com sala de jantar, copa, cozinha, home-theater e academia integrada com amplas varandas, sauna, banheiro masculino e feminino, escritório, salão de jogos, churrasqueiras, piscina, garagem coberta, dois quartos para empregados e um para motorista particular. O imóvel tem 1.200 m² de área construída e cerca de 3.000 m² de área verde.

Como atrativos, a moradia tem ar-condicionado em todos os ambientes, elevador, aquecedor solar, sistema de irrigação no jardim, sistema de alarme com sensor de movimento ao longo de todo o terreno e deck para embarcação com acesso para visitantes e lazer no lago. Além disso, um detalhe que se destaca é o piso da residência, que custa US$ 1600/m².

A QL 12, ainda na região do Lago Sul, também conhecida como Península dos Ministros, a reputação aumenta tanto quanto o valor do imóvel. Atualmente, a propriedade mais cara neste setor é uma casa com terreno de 6 mil metros quadrados. A residência foi construída há mais de 20 anos e, por isso, precisa de algumas reformas. Entretanto ela está à venda e o seu valor solicitado é de 17 milhões de reais.

Essa quadra residencial possui ótima localização, ficando ao lado de uma das pontes que dá acesso direto ao Lago Sul. Além de tudo, a área apresenta grande segurança, possuindo até guarita de monitoramento em sua entrada.

Os aluguéis dos imóveis na Península dos Ministros alcançam valores de até 65 mil reais ao mês. Aliás, são tão valorizados que, mesmo localizados em posições semelhantes e terrenos sem construção, são negociados por quantias que vão de R$ 1,8 milhão a R$ 4,2 milhões. Com pouca oferta tanto para aluguel quanto para compra, essa Península é sinônimo de alto status.

O local, que tem 209 casas construídas, já teve como residentes nomes famosos como Nenê Constantino, fundador da empresa de aviação Gol, o senador Renan Calheiros, os ex-presidentes da Câmara dos Deputados, Marco Maia e do Senado Federal, José Sarney, e grandes empresários do cenário brasiliense e nacional.

Contudo, há também outras opções de imóveis de alto padrão em outras quadras no Lago Sul. Um bom exemplo são os condomínios do Setor de Mansões Dom Bosco que recebem novas construções até hoje.

Apartamento de alto padrão

Mudando de bairro, agora mais perto do centro de Brasília, encontra-se o apartamento mais caro e sofisticado do Distrito Federal. O imóvel é um triplex (espaço dividido em três andares) localizado na quadra 211 da Asa Sul. A residência está avaliada em 14 milhões de reais e possui 1.200m² de área total, sendo 850m² de área útil.

Seu acesso é feito por um elevador privativo. O apartamento contém oito quartos – sendo quatro suítes – quatro banheiros, além de três vagas na garagem. Na cobertura, a palavra luxo é pouco para o que o ambiente oferece: contém uma extensa área de lazer, com home cinema, espaço gourmet, piscina com cascata, ducha, um lounge ao ar livre e uma jacuzzi de última geração.

Park Way: o maior setor de mansões do DF

Outra parte que concentra grande quantidade de casas luxuosas em Brasília é na região administrativa do Park Way. A área é tomada por mansões cujo valor das casas pode variar entre 500 mil até 3 milhões de reais. Além disso, o espaço abriga as residências de personagens famosos e reconhecidos do Distrito Federal, como o arquiteto Oscar Niemeyer e políticos variados. Atualmente, a região recebe novas construções, cada vez mais sofisticadas e modernas.

O Park Way também possui um dos imóveis mais valorizados da capital, a Mansão dos Arcos, esteve à venda por aproximadamente 18 milhões de reais. O patriarca da família, Nivaldo Fonseca, ganhou o projeto da casa do famoso arquiteto João Filgueira Lima, o Lelé.

Esse imóvel, com estilo arquitetônico e amplo espaço para residência, pode ser considerada uma obra de arte. A propriedade foi construída em 1972 e suas obras duraram cerca de 7 anos. A família, dona da residência, morou no local por mais de 30 anos. Hoje, o espaço é espaço para a realização de casamentos. O lugar possui uma área recreativa com sala de jogos e sala de cinema com 80 lugares. De acordo com o projeto original, o espaço não é fechado por muros ou portões, a residência conta com 10 quartos, sala de jantar, um lago, banheiros coletivos, hall de entrada, varanda e um jardim de inverno.

Essa construção já foi cenário de filmes, um deles o longa metragem “Somos tão Jovens” e já fez parte de cenas de novela na antiga TV Manchete.

Você também gosta de mansões? Aqui no Portal DF Imóveis você encontra sua casa do tamanho, beleza e sofisticação que você imagina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *