• 19 de julho de 2024
  • Last Update 15 de julho de 2024

Imóveis para 3º idade: Mercado Imobiliário deve se preparar para essa realidade

INTRO [PERSPECTIVAS E DADOS SOBRE A 3º IDADE NO BRASIL]

Segundo IBGE em dez anos (2012 – 2021), a parcela de pessoas com 60 anos ou mais passou por um aumento de 11,3% para 14,7% da população, já o número de pessoas com menos de 30 anos caiu. Isso traz uma série de reflexões para a forma de viver na próxima década, questões de habitação, bem-estar, saúde e mobilidade são importantes temas.


Qualidade de Vida

A 3ª idade para cada geração tende a ser bastante diferente. É preciso concordar que os idosos já não se parecem tão mais velhos, são chamados os 60+, sua energia para viver plenamente já é muito maior que a da geração passada e seu poder aquisitivo é resultado de uma vida de investimento e economias. Afinal, o que a nova 3º idade entende por qualidade de vida?

As mais de 29,3 milhões de pessoas que estão nessa fase da vida buscam saúde física e mental, laços com pessoas na mesma fase de vida e familiares, buscam também morar bem e com segurança.


Lançamentos

No Brasil já temos muitos lançamentos Imobiliários que pensam na adaptação de suas estruturas para atender a nova 3º idade. Rampas, pisos e barras de apoio dentro da residência e nas áreas comuns ajudam. Mas você sabia que para os próximos anos já é prevista a construção de edificações quem atendam plenamente os 60+? Justamente por conta dos dados que o IBGE vem divulgando e prevendo com relação à população.

Em São Paulo, um lançamento Chamado Matture Home Life é um case que propõe aos compradores um projeto para que os habitantes possam envelhecer no local sem dificuldades ou arrependimentos. Autonomia é a palavra-chave aqui. E para corroborar que o futuro é agora, a previsão de entrega desse empreendimento é 2024.


Comodidades básicas esperadas

  • Respeito a Individualidade
  • Privacidade
  • Independência
  • Estimulo a Saúde Plena
  • Atenção às Urgências e Emergências
  • Convívio Social

Adaptações Residenciais

A geração 60+ acontece agora também, e até que o mercado imobiliário se adapte é possível seguir criando formas de viver bem e com mais segurança onde estão. Veja alguns itens que podem ser implantados hoje na sua residência.

  • Portas e corredores largos;
  • Box de banho com apoiadores e de um bom tamanho para que se possa, inclusive, movimentar-se com cadeira de rodas;
  • Pisos sempre antiderrapantes;
  • Móveis que atendam padrões de segurança;
  • Ausência de escadas e degraus;
  • Localização próxima de pronto-socorro e hospitais.

Fique atento: Lei 10.741/2003 também conhecida como Estatuto do Idoso que indica alguns parâmetros e normas interessantes para preservar o direito à acessibilidade, vale a pena conferir.

Related Articles