• 9 de agosto de 2022
  • Last Update 9 de agosto de 2022

Vendas e compras de imóveis crescem neste ano no DF

O mercado imobiliário está sempre em constante crescimento, tanto que investir nesse ramo é uma opção para vários empresários e grandes empresas como a Google, Facebook e Amazon, como já noticiamos por aqui.

Neste ano, no mês de janeiro, foram lançados mais de 4.000 registros de compra e venda de imóveis no Distrito Federal. Esse número é aproximadamente 27% maior que o quantitativo levantado no mês anterior.

O Volume Geral de Vendas (VGV), de acordo com o Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI-DF), até o fim do mês de fevereiro alcançou um valor de R$ 7,03 bilhões. Essa quantidade é R$ 3,8 bilhões maior que o que foi apresentado neste mesmo período do ano anterior; o aumento foi de 119,93% no valor das vendas.

Ainda segundo o SECOVI, o motivo dessa alteração está diretamente relacionada à redução da alíquota do ITBI (de 3% para 1%) desde o início desse ano.

“Várias vendas foram adiadas e também compradores que estavam pesquisando decidiram fechar o negócio para se beneficiar da redução na alíquota que se encerra em março”

Ovídio Maia – Presidente do Sindicato

Novidades

O SECOVI informou ainda que o quantitativo de imóveis novos ou em construção no final do mês de fevereiro foi de 6.830 unidades, sendo a maioria deles com maior distribuição no Noroeste, com 1.538 unidades sendo ofertadas.

De acordo com preço dos imóveis, os maiores lançamentos nesse período foram registrados na Asa Norte (R$ 17.633/m²), seguida pelo Setor Sudoeste (R$ 16.638/m², e pelo Setor Noroeste (R$ 15.477/m²).

Related Articles