• 16 de abril de 2024
  • Last Update 15 de abril de 2024

Núcleo Bandeirante: vida tradicional com toque contemporâneo na antiga Cidade Livre

A cidade funcionava como um ponto de chegada e instalação para os migrantes.

Em 1956, a Cidade Livre foi estabelecida pela NOVACAP I com o objetivo principal de atender aos trabalhadores da construção civil que migravam para Brasília. 

Os lotes eram cedidos em regime de comodato por quatro anos, e os estabelecimentos comerciais estavam isentos de impostos. Isso fez com que a Cidade Livre se tornasse um importante centro comercial em Brasília.

Os incentivos levaram à rápida expansão da cidade, com a instalação de hotéis, agências bancárias e companhias de aviação. A cidade foi destinada a ser um local de residência temporária para os trabalhadores da construção civil, conhecidos como candangos.

Posteriormente, a Cidade Livre foi incorporada à Região Metropolitana de Brasília pela Lei 4.545, de 10 de dezembro de 1964, e pelo Decreto n.° 488, de 08 de fevereiro de 1966, que estabeleceram seus limites.

Mais tarde, a cidade passou a ser chamada de Núcleo Bandeirante, o primeiro nome escolhido para a região.

Museu Vivo da Memória Candanga

Leia também: Na primeira reunião de 2024, COPOM realizou mais um ajuste na Selic, que caiu para 11,25%

A simplicidade das construções de madeira não diminuía a intensidade da vida na Cidade Livre. Com suas paredes vibrantes e movimentação comercial agitada, a região era conhecida como o epicentro da atividade, conforme explicado pelo arquiteto e urbanista Cláudio José Pinheiro, professor da UnB, em entrevista ao Correio Braziliense. “As pessoas que vieram construir Brasília começaram a se estabelecer com suas famílias primeiro na Cidade Livre, onde encontravam o que não havia no Plano Piloto, como lojas de ferragens, marcenarias e carpintarias. Toda a mão de obra qualificada e o comércio estavam lá”.

O planejamento da região contribuiu para fortalecer as primeiras comunidades da capital, de acordo com o especialista. “Lá foi planejado e pensado com cuidado, com uma identidade própria. A cidade tinha uma sucessão de edifícios padronizados, feitos de madeira, todos com a mesma tipologia e proporções agradáveis, nada muito alto, geralmente com até três pavimentos. Era como uma maquete em tamanho real, com uma vida muito intensa entre as construções”.

Você também pode se interessar: Dicas de decoração para quem tem um jeito mais clássico

Isso acabou criando um sentimento de pertencimento àquela região e à própria capital, motivo de orgulho até mesmo para quem apenas passava pela terra que se tornaria o Distrito Federal. “Todo caminhoneiro que vinha trazer cimento, madeira ou qualquer outro material de construção passava pela Cidade Livre e pintava nos para-choques do veículo a coluna do Palácio da Alvorada, como se dissesse: ‘Eu estive lá na futura capital do Brasil!’. É muito interessante ver que a arquitetura de Brasília não era importante apenas para os eruditos, mas também para o povo”, observa o arquiteto.

Infraestrutura

De acordo com a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios – PDAD 2021, no quesito infraestrutura pública nas proximidades dos domicílios, 92,3% responderam que havia ruas arborizadas, 81,4% responderam que havia jardins e parques, 90,5% responderam que existia praça, 67,5% informaram a existência de espaços culturais públicos, 89,7% informaram existiam academias comunitárias (também conhecidos como PEC – Ponto de Encontro Comunitário), 92,1% relataram a existência de quadras esportivas, 70,3% afirmaram haver ciclovia/ciclofaixa, 87% relataram existir travessia sinalizada para pedestres (como faixas de pedestre, passarela, passagem subterrânea ou semáforo) e 95% disseram existir ponto de ônibus.

Sem dúvidas, é um dos melhores lugares para se viver em Brasília, com uma ótima qualidade urbana e uma nostalgia incrível. Não há como negar!

Imagem: Jornal Capital Federal

Com a rica história e a qualidade de vida que o Núcleo Bandeirante oferece, não é surpresa que seja um dos melhores lugares para se viver em Brasília. Se você se encantou com a história e quer ver de perto os imóveis da cidade, visite o portal da DFImoveis.com. Lá, você encontrará opções incríveis de imóveis no Núcleo Bandeirante que podem transformar seu desejo em realidade. 

Acesse o portal agora e descubra as oportunidades que esperam por você neste lugar cheio de história e charme.

Related Articles